Site Loader

A resiliência envolve comportamentos, pensamentos e ações que qualquer pessoa pode aprender e desenvolver. Como construir um músculo, aumentar sua resiliência requer tempo e intencionalidade. Focar em quatro componentes principais – conexão, bem-estar, pensamento saudável e significado – pode capacitá-lo a resistir e aprender com experiências difíceis e traumáticas. Para aumentar sua capacidade de resiliência às intempéries – e superar – as dificuldades, use essas estratégias.

Priorize relacionamentos com pessoas próximas: Conectar-se com pessoas empáticas e compreensivas pode lembrá-lo de que você não está sozinho em meio às dificuldades. Concentre-se em encontrar pessoas confiáveis e compassivas que validem seus sentimentos, o que apoiará a habilidade de resiliência. Lembre-se: o conectar-se também envolve o remotamente.

Tenha cuidado com seu corpo: nutrição adequada, sono amplo, hidratação e exercícios regulares, pode fortalecer seu corpo para se adaptar ao estresse e reduzir o impacto de emoções como ansiedade ou depressão.

Pratique a atenção plena. Um diário consciente como escrever 3 coisas positivas que aconteceram no dia, yoga e outras práticas espirituais, como oração ou meditação, também podem ajudar as pessoas a construir conexões e restaurar a esperança, o que pode prepará-las para lidar com situações que requerem resiliência. Ao fazer um diário, meditar ou orar, ruminar os aspectos positivos de sua vida e relembrar as coisas pelas quais você é grato, mesmo durante as provações pessoais.

Ajude outros. Quer você ajude alguma pessoas sem-teto ou simplesmente apoiar um amigo em seus momentos de necessidade, você pode reunir um senso de propósito, promover a autoestima, tudo o que pode capacitá-lo a crescer em resiliência

Seja pro ativo. É útil reconhecer e aceitar suas emoções durante os tempos difíceis, mas também é importante ajudá-lo a promover a autodescoberta perguntando-se: “O que posso fazer a respeito de um problema em minha vida?” Se os problemas parecerem grandes demais para serem resolvidos, divida-os em partes administráveis.

Por exemplo, se você foi despedido no trabalho, pode não ser capaz de convencer seu chefe de que foi um erro deixá-lo ir. Mas você pode passar uma hora por dia desenvolvendo seus principais pontos fortes ou trabalhando em seu currículo. Tomar a iniciativa o lembrará de que você pode reunir motivação e propósito mesmo durante períodos estressantes de sua vida, aumentando a probabilidade de você se levantar novamente em momentos difíceis.

Mova-se em direção aos seus objetivos. Desenvolva algumas metas realistas e faça algo regularmente – mesmo que pareça uma pequena realização – que lhe permita avançar em direção às coisas que deseja realizar. Em vez de se concentrar em tarefas que parecem inatingíveis, pergunte-se: “O que sei que posso realizar hoje que me ajuda a seguir na direção que quero ir?”.

Procure oportunidades de autodescoberta. As pessoas frequentemente descobrem que cresceram em algum aspecto como resultado de uma luta. Por exemplo, após uma tragédia ou sofrimento, as pessoas relataram relacionamentos melhores e uma maior sensação de força, mesmo quando se sentindo vulneráveis. Isso pode aumentar seu senso de autoestima e aumentar sua apreciação pela vida.

Manter as coisas em perspectiva. A forma como você pensa pode desempenhar um papel significativo em como você se sente – e quão resistente você é quando se depara com obstáculos. Tente identificar áreas de pensamento irracional, como tendência a catastrofizar as dificuldades ou presumir que o mundo está atrás de você, e adote um padrão de pensamento mais equilibrado e realista. Por exemplo, se você se sentir oprimido por um desafio, lembre-se de que o que aconteceu com você não é um indicador de como será o seu futuro e que você não está desamparado. Você pode não ser capaz de mudar um evento altamente estressante, mas pode mudar a forma como interpreta e reage a ele.

Aceite a mudança. Aceite que a mudança faz parte da vida. Certos objetivos ou ideais podem não ser mais alcançáveis como resultado de situações adversas em sua vida. Aceitar circunstâncias que não podem ser alteradas pode ajudá-lo a se concentrar nas circunstâncias que você pode alterar.

Mantenha uma perspectiva otimista. É difícil ser positivo quando a vida não está indo do seu jeito. Uma perspectiva otimista permite que você espere que coisas boas lhe aconteçam. Tente visualizar o que você quer, em vez de se preocupar com o que teme. Ao longo do caminho, observe todas as maneiras sutis pelas quais você começa a se sentir melhor ao lidar com situações difíceis.

Aprenda com seu passado. Ao olhar para trás e para ver quem ou o que foi útil em tempos de angústia anteriores, você pode descobrir como pode responder com eficácia a novas situações difíceis. Lembre-se de onde você foi capaz de encontrar forças e pergunte-se o que aprendeu com essas experiências.

Procure ajuda: Obter ajuda quando você precisa é crucial para construir sua resiliência. Para muitas pessoas, usar seus próprios recursos e os tipos de estratégias listadas acima podem ser suficientes para construir sua resiliência. Mas às vezes, um indivíduo pode ficar preso ou ter dificuldade em fazer progressos no caminho da resiliência. Um profissional de saúde mental licenciado, como um psicólogo, pode ajudar as pessoas a desenvolver uma estratégia adequada para seguir em frente. É importante obter ajuda profissional se sentir que não consegue funcionar tão bem como gostaria ou realizar atividades básicas da vida diária como resultado de uma experiência de vida traumática ou estressante. Lembre-se de que diferentes pessoas tendem a se sentir confortáveis com diferentes estilos de interação. Para obter o máximo de seu relacionamento terapêutico, você deve se sentir à vontade com um profissional de saúde mental ou em um grupo de apoio. O importante é lembrar que você não está sozinho na jornada. Embora você possa não ser capaz de controlar todas as suas circunstâncias, você pode crescer concentrando-se nos aspectos dos desafios da vida que você pode enfrentar com o apoio de entes queridos e profissionais de confiança.

Se gostou, compartilha 😉

Psicóloga Christine Bianchi (CRP 12/11234) – Especialista em desenvolvimento pessoal e carreira

Acompanhe: https://www.instagram.com/christinebianchi.psicologa

christinebianchi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *